THE SOUND OF MUSIC

Não é segredo, nem surpresa: meu filme predileto é A Noviça Rebelde. Logo que começa, já vem a música maravilhosa: “The hills are alive with the sound of music”. Para mim, tudo se enche de vida com a música. Através dela, expresso meus sentimentos, tanto os alegres quanto os tristes.

No post Fragoso Alcantil, falei sobre uma de minhas músicas prediletas. Um hino, que aprendi ainda criança. A letra canta as maravilhas da natureza, que apontam para a maravilha de Deus. Sempre cantei esse hino de todo coração, em todos os lugares. Aliás, estou, em geral, cantando – aprendi com meu pai, que estava sempre cantando ou assobiando. Mesmo hoje, bem debilitado, basta tocar uma das músicas de que mais gosta que ele canta.

Outra de minhas músicas prediletas é Bridge Over Troubled Water. Como é lindo uma pessoa dizer a outra que pretende se colocar, para ela, como uma ponte que a faz passar em segurança sobre águas turbulentas! Posição bem difícil, compromisso duro que poucos conseguem observar, mesmo que tenham toda intenção de fazê-lo. A ponte precisa ser muito firme no fundo do rio, ou do mar, para não se abalar com a água agitada. Na linda viagem entre Miami e Key West, uma das imagens que mais me impressiona é a força com que o mar atinge as colunas das pontes. Como elas resistem?

Além de suportar a força da água, a ponte aguenta o peso sobre ela! Então, a posição da ponte não é nada confortável. Ainda assim, eu gostaria, muito, de ser ponte sobre as águas turbulentas que atingem as pessoas que amo. Ah, se eu pudesse evitar que meus amados sofressem! Seria tão bom!

Gosto muito, também, de uma música que pouca gente conhece: Promise. Ela é tocada durante o Iluminations, o show de fogos do Epcot Center. Na verdade, a letra que me agrada não é a cantada na hora do show. Está no CD com as músicas do Iluminations, mas eles alteraram um pouco a letra. É uma mulher, pedindo a outra pessoa, que prometa estar ao lado dela até o final da vida. Ela diz que cada noite, apesar de ser o fim, se torna um legado para o futuro e implica em novo começo, pois outro dia vai raiar. E pede que o companheiro segure sua mão para continuarem juntos pela vida, cada vez mais unidos em vez de se distanciarem com as lutas.

Mas preciso incluir nessa lista a música acima de todas: Agnus Dei, de Michael W. Smith. Simplesmente adoração. Simplesmente chegar diante de Deus e meditar em como ele é maravilhoso. E cantar isso.

Música é uma de minhas maiores paixões. Canto e canto, e gostaria de saber dançar. Creio que, quando estiver com Deus, ele vai me dar uma voz bem linda e vai me ensinar a dançar para ele. Ah, the sound of music…

2 comentários sobre “THE SOUND OF MUSIC

  1. Even though I can’t read your words, I loved the songs you picked. I haven’t heard The Bridge Over Troubled Waters for many decades. Thanks for writing this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s