PROVADO PELO FOGO

Os cactos me encantam. Tanto pelos formatos diversos quanto pela capacidade de sobreviver em ambientes inóspitos.

Fiquei maravilhada quando vi pela primeira vez a famosa flor do maracatu. Como uma planta que vive na areia ou na terra seca, recebendo pouquíssima água, é capaz de produzir uma flor tão linda? Sinal do capricho de Deus nos mínimos detalhes da criação. Beleza por toda parte. Como dizia minha vovó, temos que nos esforçar para sermos mais belos, porque a natureza mostra a atenção que o Criador dedica para tornar tudo mais bonito.

Em minhas corridas, descobri um cacto lindo no meio do cerrado. Provavelmente, interferência humana, porque não é o habitat natural dele. Mesmo assim, ele estava repleto de botões de flores. Bem grande, imponente.

Todos os anos, durante a seca, a faixa de cerrado intocado que fica na frente de nosso condomínio acaba sofrendo com o fogo. Este ano, quase conseguiu passar ilesa, mas, certa tarde, lá veio a queimada. Os bombeiros agiram rápido, porém meu amigo e seus botões de flores estavam no meio da fogueira. Fiquei triste. Pensei que as flores iam acabar, que ele ia acabar, ou ficar muito debilitado para florescer.

 

Pelas fotos, dá para ver que eu estava enganada: a parte externa foi queimada, o mato que o cercava também. Ficou, contudo, a essência dele. A parte central.

Eu pensei em mim. A Bíblia diz que somos provados com fogo. Aquilo que está por fora, que não está muito de acordo com minha essência, é queimado. Mas o centro, o que Deus criou, continua vivo, continua firme, verdejante.

Passando ao lado do meu amigo todos os dias, reparei que ele começou a soltar outros botões de flores.

 

 

Sim, no meio do mato queimado, das partes exteriores ainda chamuscadas pelo fogo, lá vêm as flores. O fogo fortaleceu meu amigo. Ele está agora muito mais cheio de flores do que antes da queimada.

Há uma música que cantamos na igreja e que parte da letra me desagrada muito. Diz: “tudo que há dentro de mim precisa ser trocado”. Não concordo com isso, porque a Bíblia afirma que Deus me formou ainda no útero da minha mãe, que ele teceu meu ser. Se TUDO que existe dentro de mim precisa ser trocado, então Deus criou tudo ruim. Há, dentro de cada um de nós, uma essência que Deus criou, segundo ele achou melhor. À medida que a vida transcorre, vamos adquirindo ramificações em volta dessa essência. Algumas boas, outras ruins. Deus usa muitos instrumentos – o “fogo” – para nos livrar delas, e nos deixar prontos para que de nosso ser brotem flores lindas, que vêm daquele essência que ele criou, aquela que o fogo não alcança.

Cabe a mim seguir o exemplo do meu amigo: permanecer firme durante a queimada, continuar em pé depois dela, e usá-la para me fortalecer e produzir flores ainda mais belas. Tomara que eu consiga…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s