COM ASAS COMO ÁBIA. OPS, ÁGUIA

Ontem foi dia de dizer adeus a uma das mulheres mais fantásticas que já conheci. Tantas lembranças boas cruzaram minha mente! Desde minha infância até a última vez em que nos encontramos. Todas as pessoas que falaram sobre ela no culto de despedida repetiram sua marca maior: o amor. Mas eu queria registrar uma lembrança diferente.
Minhas filhas, quando eram pequenas, não entendiam quando a gente dizia “Ábia”, e a chamavam de dona Águia. Ontem, ao lembrar disso, logo me veio à mente o texto da Bíblia que diz que quem espera em Deus voa com asas como águia.
Ela viveu assim. Diante de qualquer dificuldade, ia até Deus, “grudava” nele e voava como águia. Lutava, se preocupava, se angustiava, mas vencia. Venceu até o fim.
Venho, há muitos anos, me esforçando para seguir o exemplo de dona Ábia em muitas áreas de minha vida. Confesso que não tenho conseguido como gostaria. Mas, espero em Deus que, um dia, eu seja capaz de voar como Águia, ou como Ábia.
Ai, como é grande a saudade! E só tem um dia que ela partiu…