PENSA NUMA PESSOA LERDA (3)

Ninguém pense que eu estou caduca. A lerdeza é antiga. E, para provar isso, vou contar uma aventura também antiga, que envolve minha prima *** (Ela vetou a publicação do nome. kkk)
Somos muito parecidas. Em todos os sentidos. Ambas bem espertas, rápidas, ágeis. Quem nos conhece sabe bem. Engraçado é que muita gente até nos confunde.
Bem, quando tínhamos cerca de 20 anos, fomos levar uns tecidos para uma costureira fazer vestidos para nós. Eu tinha o endereço e informei:
– SQN 305, Bl # (não lembro o bloco), Ap. 502.
*** dirigia, estacionou direitinho (apesar de lerdas, dirigimos bem) e fomos pegar o elevador. Havia dois. Em cima de um, escrito “PARES” e, do outro, “ÍMPARES”. Fiz pouco caso:
– Que burrice! Se eu quiser ir a um apartamento de número ímpar e pegar o elevador par, quem é que vai saber?
*** sacudiu a cabeça, abismada com a suprema burrice dos administradores do prédio. Como queríamos o 502, que é par, entramos no elevador par. Apertei o 5 e… nada. O bicho não se moveu. Temos certo medo de lugares fechados, e ficamos meio assustadas. Apertamos mais vezes o 5 e não conseguimos qualquer manifestação do elevador. *** falou, em nosso ritmo bem de-va-gar:
– Será que acabou a luz?
– Mas, se acabou, como que a luz do elevador está acesa?
Ela não desistiu:
– O botão pode estar com defeito.
Apertei o 4. Lá vamos nós! Descemos no quarto andar e subimos de escada até o quinto, sempre criticando a suprema burrice dos administradores daquele prédio.
Tocamos a campainha, mas a costureira não atendeu. Aí era acrescentar a injúria à ofensa. Revoltadas, decidimos ir embora. Chamamos o elevador, e o que chegou foi o ímpar. Honestas como somos, entramos meio ressabiadas, já que havíamos tentado entrar em um apartamento par.
Não sei quanto tempo levou para chegarmos à conclusão de que ímpar e par se referia ao andar e não ao número do apartamento. Bem, talvez alguém tenha explicado pra gente. Apagamos essa parte da memória.
Ah, e a cereja do bolo: fomos à quadra errada. A costureira morava na Asa Sul, e não na Asa Norte. E passou a tarde esperando as freguesas que não apareceram…

Um comentário sobre “PENSA NUMA PESSOA LERDA (3)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s