VAI, AMOOOOOR!!!!!

No dia 10.10, Wilbert Batista, ou Ibi, ou pr. Ibi, se tornou um Finisher, em uma das provas físicas mais difíceis que existem: Ironman em Kona, no Hawai. Com ele estava sua equipe de apoio: Alice, sua esposa. Isso. Só ela. Ponto final.

Em dezembro de 2011, estávamos em um navio. Um Encontro de Casais organizado pela igreja deles. Eu e Sérgio participávamos. Comentei com Alice que Ibi tinha emagrecido bastante. Ela me contou que ele tinha resolvido deixar de ser sedentário e que queria emagrecer. Tomara três providências. Nada de doce nem de refrigerante e 15 minutos de caminhada todos os dias. Sob sol ou chuva. Apenas 15 minutos.

O que levou-o até Kona? Entre essa conversa de 2011 e o dia 10 de outubro não se passaram nem 4 anos completos!

Sei que ele foi se empolgando com o exercício físico. Começou a caminhar mais, depois a correr, nadar, pedalar. Foi se apaixonando cada vez mais pelo exercício e aí entraram preparador físico, nutricionista, e não sei mais o quê. Mas não é isso que interessa.

Durante todo o tempo, desde a primeira corrida de rua de que ele participou, Alice estava lá, na torcida, com o grito que se tornou sua marca. Ela se coloca em algum lugar do percurso e, quando ele passa, grita a plenos pulmões:

– Vai, amooooooorrrr!!!!!

E ele vai. Em provas longas, ela vai mudando de lugar. Durante o percurso, ele ouve o grito de incentivo de sua amada não uma, várias vezes.

Esse grito dela me dá o que pensar. Se todos nós gritássemos “vai” para nossos amados que se lançam a novos desafios, sei que veríamos muito mais gente se superando. Não digo que todos chegariam a Kona, nem é esse o propósito da maioria das pessoas. Todavia, haveria novas experiências, novos projetos, novos sonhos.

Eu me identifico com a Alice nesse grito, porque sou de falar “vai” para os projetos mais inusitados a que meus amados se lançam.

Flávia e Daniela não tinham completado 18 anos ainda quando começaram a sonhar com uma viagem a Orlando. Sem adultos. Apenas com dois amigos. Por conta própria, sem excursão. Muitos pais, tios e amigos disseram que não iam conseguir. Desde o início eu falei que caso quisessem mesmo e se dedicassem ao projeto, fariam a viagem. Em outras palavras, fiquei no percurso e gritei:

– Vão, amooooreeeessss!

E elas foram. Realizaram o sonho.

Quanta gente poderia se superar, realizar coisas lindas, coisas fantásticas, se, ao menos, tivessem à sua volta alguém que dissesse:

– Vai! Não desanima! Segue em frente! Você é capaz!

Além disso, voltando à Alice, tenho certeza de que muitas vezes ela teve que abrir mão de alguma coisa para apoiar o marido. Lembro-me de uma das primeiras provas de que ele participou. Estava ansioso para começar. Levantou-se, segundo informações da filha, às 5 da manhã e ficava andando de um lado para o outro da casa, fazendo barulho, se arrumando. A filha falou:

– Coitada da minha mãe!

Alice riu. Não se sentia coitada, porque estava ocupada dizendo:

– Vai, amooooorrrrr!

Pela minha experiência de incentivar outros, sei que ela sentiu a vitória em Kona como vitória dela também, assim como eu me alegrei com a viagem das minhas filhas. A conquista delas foi minha, porque eu participei, ajudei no que foi preciso.

Conheço tantas pessoas que precisam de um “vai, amor” bem gritado! Pode ser de parente, de amigo, de conhecido, de desconhecido. As pessoas carecem de incentivos, de apoio, de saberem que há alguém torcendo por elas, feliz com a vitória delas, por menor que pareça aos olhos dos outros.

Assim sendo, se você, que me lê aqui, está com um projeto e ninguém te apoia, eu grito para você:

– Vai, amooooorrrrr! Não pare!

Ah, e te dou um conselho de amiga: não conte seus sonhos e projetos para pessoas que vão te puxar para baixo. Conte apenas para quem vai te apoiar. Estou às ordens, caso precise de uns gritinhos de “vai amor”.

E, num toque especial, cheia de orgulho, para meu irmão Henrique, o novo Controlador-Geral do DF:

– Vai, amoooooorrrrr!

3 comentários sobre “VAI, AMOOOOOR!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s