PISCINA DE NAVIO TEM FUNDO?

Essa dúvida existencial e profunda perseguiu minha tia Sarah, até o dia em que eu viajei de navio e informei a ela que tem fundo. Mas, de vez em quando, ela me pergunta se tem mesmo, se eu não a estou enganado.
Ela me pergunta se eu mergulhei para ver o fundo. Respondo que nem entrei, então ela responde que eu não posso ter certeza. Tia Sarah é Bótima!
O caso é que é gente demais para a piscina. Se não tivesse fundo, as pessoas ficariam pelo caminho. Sempre amei piscina, mas, depois que tenho a minha, adquiri certo nojo de piscinas públicas. E a do navio é mais do que pública. No dia em que ele não ancora, as pessoas passam praticamente o dia todo em volta dela.
Ali acontecem as atividades do grupo de animação. No Blue Dream, eles eram excelentes. Em determinados lugares, eu tenho vontade de afogar essa galera da animação. Eles não deixam a gente em paz, ficam insistindo com quem não quer participar. No Blue Dream eles eram simplesmente bons. A maior parte do pessoal participava das brincadeiras, sem eles ficarem insistindo no microfone, e até quem não entrava na farra se divertia apenas de olhar. Como eu e Sérgio não estávamos em turma, acabamos fazendo parte dos que só olhavam. Mas nos divertimos assim mesmo.
Um transatlântico continha vários mistérios para mim. Eu não podia imaginar como seria lá dentro. Em algumas horas, achava que me sentiria claustrofóbica, presa em um lugar de onde não poderia sair. Em outras, achava que me sentiria insegura, naquela coisa pequena no meio do marzão. Nem uma opção nem outra.
Parecia que eu estava em um shopping, e tinha meu quarto no shopping para descansar, tomar banho e trocar a roupa a qualquer momento que quisesse. Nada melhor. E curti o marzão o tempo todo – da piscina, da varanda e até da esteira na academia. Ê mundo velho sem porteira!!!!!
Minha cabine ficava no sétimo andar. Isso mesmo SÉTIMO. O lobby era no terceiro. A parte de lazer começava no décimo. Nem sei quantos elevadores. Mas eu e Sérgio preferíamos usar escada. Ele, para exercício. Eu, porque navio pequeno no meio do marzão e entrar no elevador era… forçar demais a barra!
Acredita que em uma semana com toda a comida deliciosa eu emagreci? Mas isso eu conto depois.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s