RUNNING ou SOARING?

Acordei hoje desanimada. Há tempestades demais na minha vida. Eu poderia dedicar todo este post a falar sobre elas. E ficaria bem longo. Mas prefiro falar de outra coisa.

Logo que me acordei, lembrei de um romance que li. A heroína, sempre que tinha algum aborrecimento, saía para correr dizendo que ia “take it out of my system”. Algo como tirar do meu ser. Como esse romance foi um dos motivadores para o início de minhas corridas, exatamente por causa dessa expressão, resolvi que ia correr para ajudar o desânimo a sair do meu “system”.

Antes de me levantar eu oro e leio a Bíblia, praticamente todos os dias. Então, estava nesse momento de meditação quando meu celular acusou uma mensagem. Era a Dani. Para resumir, Flávia está lá no Camboja com 2 dólares, sem conseguir tirar o dinheiro que está no Visa Travel Money. E nós não temos dinheiro para mandar para ela hoje. Simples assim. Dani movimentou a família, em menos de 20 minutos já tinha aparecido o dinheiro. Mas eu pensei: “Mais uma coisa para me preocupar!”.

Eu só gosto de me exercitar ouvindo música. E lá fui eu. Com as tempestades e tudo. Corri meia hora, como ontem. No início, as tempestades estavam comigo, mas foram saindo do meu “system”, ficando no lugar onde devem ficar. Comecei a olhar o céu azul, com algumas nuvens, enquanto Vencedores por Cristo cantava no iPod: “As nuvens brancas do céu … foi por acaso, ou foi por amor que meu Deus a mim se revelou?”. O exercício e as palavras de Deus através da música foram acalmando meu coração.

Assim que eu parei de correr e passei a andar para voltar para casa, começou a tocar, não por acaso, mas por amor, uma de minhas músicas prediletas: Still, do Hillsong. Nossa igrejas cantam, uma tradução muito boa, mas traduzir música é uma tarefa inglória. As ideias originais dificilmente cabem na melodia com as palavras da outra língua, de modo que grande parte da mensagem se perde. Assim, vou colocar aqui o que Deus me falou quanto às tempestades que me assolam, fazendo a tradução da letra, sem pensar em melodia, ritmo ou métrica. Só na essência da mensagem contida na poesia em inglês:

Esconde-me agora
Sob Tuas asas
Coloca-me
Dentro de Tua mão poderosa

Quando os oceanos se levantam e os trovões ressoam
Planarei contigo bem acima da tempestade

Pai, és Rei sobre a tempestade
Aquietar-me-ei e saberei que és Deus.
Encontra descanso, minha alma,
Apenas em Cristo
Conhece o poder dele
Na quietude, e confia
Quando os oceanos se levantam e os trovões ressoam
Planarei contigo bem acima da tempestade
Pai, és Rei sobre a tempestade
Aquietar-me-ei e saberei que és Deus.

Fiz o iPod ficar rouco de tanto repetir a música até chegar em casa. As tempestades ainda estão por aí. Mas, no momento, estou planando bem acima delas, com aquele que não deixa nada para o acaso, mas faz tudo por amor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s